Resenha Crítica – A arte de correr na chuva.

12 out
  Li esse livro a um tempo atrás, ainda não tinha tido a oportunidade de falar dele,  A arte de Correr na chuva é um livro lindo, e que conseguiu me arrancar lágrimas. O livro é narrado por um cachorro. Enzo, que vive em Seatle com seu dono Denny. O sonho de Denny é se tornar um piloto de corridas bem sucedido o de Enzo é torna-se humano.
. A história é contada em flasbacks, começa com Enzo falando de sua condição atual, velho e cansado. Depois de muitos anos ao lado do seu dono e amigo. O fato de não poder se comunicar através da fala deixa Enzo muitas vezes frustrado “Os gestos são tudo que eu tenho, e as vezes eles precisam ser de natureza ampla”.

Enzo nos conta durante as páginas como ele e Denny se conheceram, ele fora comprado em uma fazenda, quando Denny conheceu Eve, sua esposa, e como Enzo e Eve competiam pela atenção de Denny,
“Fiquei ressentido com a atenção que Denny dava a suas mãos pequenas, ás suas nádegas redondas e rechonchudas e aos seus quadris modestos (…) ”  Mas acabaram ficando amigos após o nascimento de  Zoe, filha do casal, Enzo estava lá no dia que a menina nasceu, ajudando Eve enquanto Denny estava correndo, ele finalmente havia conseguido um contrato. Com denny longe de casa eram só Enzo, Zoe e Eve.
Um dos meus capitulo preferidos é quando Eve deixa Enzo sozinho no apartamento. Enzo ficou três dias sem comida e teve alucinações onde uma zebra de pelúcia dançava sozinha.
Um tempo depois Eve fora diagnosticada com um tumor, responsável pelas suas alucinações  e mudanças de humor, não havia muito o que se fazer.
O clima da história muda quando Eve morre e Denny luta contra os pais da esposa pela posse da guarda da filha, desempregado e acusado de abuso sexual contra uma prima de Eve, o desfecho da história vou deixar que vocês descubram sozinhos, o livro é lindo e vale muito a pena.


Anúncios

4 Respostas to “Resenha Crítica – A arte de correr na chuva.”

  1. Radar 12 de outubro de 2010 às 3:16 pm #

    Comprei esse livro há uma semana e ainda não tive a oportunidade de começar a ler. Agora, com essa ÓTIMA crítica, estou louca para começar! Parabéns pelo blog, é realmente ótimo! Beijos, chérie.

  2. Elmo Freitas 12 de outubro de 2010 às 6:53 pm #

    Parece ser um bom livro. Colocarei-o na minha lista.Abraços!

  3. Bruuh Fevers 12 de outubro de 2010 às 7:17 pm #

    fiquei com vontade de ler rshttp://imodelblog.blogspot.com/

  4. Christine Wengrzynek 13 de outubro de 2010 às 1:11 am #

    Bela crítica .-. Não tinha ouvido falar desse livro ainda, mas me parece bem interessante, vou procurar lê-lo ^^http://cgw-sonhoperdido.blogspot.com/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: